Raios ultravioletas de ondas curtas (UV-C), que são prejudiciais aos microrganismos, têm sido utilizados na purificação do ar, de alimentos e da água e para esterilizar equipamentos em laboratório. Estudos dos Cientistas da Duke University Medical Center, nos EUA; demonstram que a sua aplicação médica pode oferecer novas estratégias para a redução de infecções hospitalares; inclusive de gripes e resfriados em clínicas; laboratórios; industria alimentícia; escritórios; residencias; etc…

Fonte: isaude.net

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *